[F] – serie EFQ – Capitulo 4 – Demócrito – Será que a natureza brinca de “Lego”?


E aí pessoal,

Sera que a natureza brinca de Lego… quem já brincou sabe que com algumas peças com formas diferentes podemos montar uma variedade de coisas, e quando já estamos cansado do que montamos, desfazemos e montamos outro objeto completamente diferente do que montamos inicialmente, mas utilizando as mesmas peças… Ser que a natureza é assim? Vamos falar hoje sobre o ultimo grande filósofo grego que irá aparecer nessa serie: Demócrito. Considerado um dos fundadores da “escola atomista” e pioneiro no pensamento de uma “teoria atômica” sobre a matéria que se tem registro … Então vamos la:

Demócrito:

Demócrito viveu aproximadamente entre 460 a 370 a.C., era natural da cidade portuária de Abdera, na costa leste do mar Egeu.

Demócrito concordava com alguns de seus antecessores (ver posts anteriores) em um ponto, podia se observar a natureza, mas isso não significava que ela se transformava. Logo, ele chegou à conclusão que tudo deveria ser feito por minúsculos pedacinhos, como se fosse
“pedrinhas minúsculas”, e uma infinidade dessas pedrinhas compunham tudo na natureza.

A esses minúsculos pedacinhos ele deu o nome de átomos.
A palavra átomo vem do grego, que significa indivisível. Os átomos deveriam ser invisíveis, eternos e imutáveis. Com
isso Demócrito definia uma unidade básica por qual tudo na natureza era formado, pois essa unidade básica não podia
mais ser dividida. Caso a unidade básica fosse infinitamente divisível, toda a natureza poderia se “diluir”.

Além disso, os átomos deveriam ser eternos, já que nada deveria surgir do nada.

Para ele essas unidades não deveriam ser iguais, pois, uma vez que se fossem, elas não poderiam formar coisas tão diferentes como as que existem na natureza,  já que os átomos não poderiam se combinar de forma tão diferentes.

Com isso na natureza deveria haver uma infinidade de átomos diferentes, cada um com sua forma própria: alguns lisos, outros
arredondados, outros pontiagudos… E por eles terem formas tão irregulares é que podia se combinarem e formarem tudo na
natureza, de formas tão diferentes.

Quando algum animal morria ou alguns objetos se decompunham, os átomos se desagrupavam e voltavam a se agrupar novamente formando outros materiais e seres.

Aqui se pode ver como Demócrito construiu uma teoria atômica muito similar a aceita nos dias de hoje. Mas como sabemos o átomo ele pode ser divisível em partículas ainda menores, as partículas elementares, mas a idéia de existir um limite para a divisão ainda perdura ate os nossos dias.

Demócrito ainda não acreditava em uma força que pudesse intervir nos processos naturais. Pois a única coisa que existia era átomos e vácuo. Mas tudo que era formado era regido por causas naturais.

Causa essa que era inerente a própria coisa, pois, para Demócrito a teoria atômica explicava mais do que a simples formação das coisas, os átomos também eram responsáveis pelas nossas percepções sensoriais. Se percebemos alguma coisas isso se deve ao movimento dos átomos no espaço. Vêem-se objetos por que alguns átomos dos objetos tocam nossos olhos.

Mas Demócrito foi ainda mais longe, já que para ele, a alma era feita de átomos. Os “átomos da alma” eram lisos e arredondados, pois eram perfeitos. Quando uma pessoa morria, eles eram espalhados em todas as direções e se aglomeravam para formar outra alma quando uma nova começava a ser criada.

É isso ai pessoal, com   isso terminamos a parte dos filósofos da natureza. A partir de Agora vamos dar um salto para o final do século XIX, onde novas evidências iram surgir. A Teoria atômica permaneceu por quase 2000 anos, até que um dia alguém achou uma coisa que o fez pensar: será que o átomo realmente é indivisível? Quem é essa pessoa e o que ela descobriu vamos ver no proximo post… Uma boa semana.

Pesquisa e autoria: Quake

Revisão: Lu

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s